AMOR, CARINHO E COMPANHIA.
QUEM RESISTE A ESTE BAIXINHO?

HISTÓRICO DA RAÇA
O primeiro registro oficial da raça foi feito em 1888, na Alemanha, pelo clube Deutsche Teckelklub e V., que o classificou como cão de caça. Há suposições da existência da raça no antigo Egito, baseado em achados arqueológicos.

Em 1681 “Dachshunds” (que significa cão texugo) já era um termo empregado por escritores germânicos e latinos. O surgimento da raça teria sido documentado entre 1550 e 1850, quando mateiros e caçadores da aristocracia rural alemã selecionavam cães pela capacidade de caçar texugos em tocas subterrâneas.

O livro de raças da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) cita que os Dachshunds de pêlo curto e longo foram separados por acasalamentos seletivos, antes mesmo da existência de registros. Já a variedade de pêlo de arame (duro) foi produzida para maior proteção contra espinhos e sarças, graças ao acasalamento com Terriers de pêlo duro. No século XVII Dachshund tornou-se a designação da raça, com as variedades pêlo curto e longo. Desde 1890 os de pêlo duro passaram a ser registrados como terceira variedade.

Em meados do século XIX o Dachshund chega a Inglaterra. Em 1881 é criado o Clube Inglês do Dachshund. Nos Estados Unidos as primeiras importações ocorreram entre 1879 e 1885. No Brasil os primeiros exemplares foram trazidos por colonizadores vindos da Europa central, provavelmente na mesma época em que a raça se expandia no Velho Continente e Estados Unidos.

VARIEDADES
Existem três raças de Dachshund quanto à natureza do pêlo: Dachshund Pêlo Curto, Dachshund Pêlo Longo e Dachshund Pêlo Duro.
(foto ao lado)
Pêlo Curto:
Pêlo muito curto, duro, brilhante e assente, revestindo todo o corpo, sem áreas desprovidas de pêlos; cauda com aspecto de trincha ou parcialmente desnuda é indesejável.

Cores
Unicolor - vermelho ou canela, amarelo avermelhado; com ou sem interferência de pêlos pretos; unhas pretas ou marrons.

Bicolor: cães pretos (ou black), marrons (chocolate), cinzentos (também chamados de azuis) ou brancos, com marcações castanhas (tan ou canela; são as preferidas) ou amarelas sobre os olhos, nas faces, focinho, lábio inferior, face interna das orelhas, antepeito, regiões inferiores dos membros, patas, região anal e em parte da face ventral da cauda; trufa e unhas pretas nos cães pretos, marrons ou preta nos marrons, cinza nos cinzentos e nos brancos; é tolerada uma pequena pinta branca de formato linear no antepeito.
Arlequim (merle): pelagem marrom claro, cinza claro, às vezes branca, com malhas irregulares de contorno pouco marcado em castanho escuro, amarelo e avermelhado ou preto; o cão poderá também ser tigrado de vermelho ou amarelo com listras escuras, a cor do nariz e unhas é a mesma dos unicolores e bicolores.
Pêlo Longo:
O que diferencia do Dachshund pêlo curto é somente a pelagem longa, assente, brilhante, sedosa, ligeiramente ondulada, mais longa nas orelhas, nos membros e ao longo da linha do pescoço, tronco e cauda, em cuja face ventral forma franja; a cor de pêlo, trufa e unhas é a mesma do Dachshund pêlo curto.
Pêlo Duro
De forma geral, tem o mesmo aspecto do Dachshund
pêlo curto; à distância sua silhueta deve ser a mesma. Pelagem dupla (com subpêlo), fechada,
dura e uniforme, de mesmo comprimento, exceto no focinho, guarnecido de bigodes e supercílios espessos e na cauda de pelagem rica, na qual os pêlos mais compridos vão encurtando para a ponta sem formar franjas; o pêlo é mais curto nas orelhas, quase raso. COR: todas as cores são admitidas, é tolerada uma mancha branca no antepeito.

TEMPERAMENTO
Inteligente, alegre, obstinado, valente, afetuoso com a família, mas de um dono só. Bom vigia: com sua voz forte é do tipo que late muito quando chega um estranho.

Adapta-se perfeitamente à vida em apartamento. Uma das qualidades mais ressaltadas pelos proprietários de cães desta raça é a limpeza e a ausência de odor forte. Convive bem com outros animais, mas, se provocado, não foge de uma briga.

LONGEVIDADE
Pode chegar aos 10-12 anos.

CARACTERÍSTICAS
Aparência Geral: Baixo, de membros curtos em relação ao tronco, corpo alongado e bem compacto, porte altivo e expressão inteligente. Apesar dos membros curtos, não parece desajeitado ou prejudicado na sua movimentação.

Comportamento e caráter: Fora de casa é forte, vigoroso e incansável; dentro, afetuoso, companheiro, brincalhão, alerta ao anunciar estranhos. Hábil, vivaz, corajoso, perseverante. tem espírito de caçador, bom faro, latido ruidoso, com todos os sentidos bem desenvolvidos, bom guarda.
Cabeça: Vista de cima e de perfil, é alongada, afilada uniformemente até a ponta do focinho. O stop é pouco marcado, quanto mais imperceptível, mais típico. O crânio é levemente arqueado, descendo gradualmente até o focinho. Arcadas superciliares acima dos olhos muito proeminientes. Lábios ajustados, encobrindo a mandíbula sem serem pendentes, cantos da boca não muito marcados.
Trufa (nariz): narinas bem abertas; cor variando do preto ao marrom, de acordo com a pelagem.
Focinho: longo, estreito, seco, refinado, ligeiramente arqueado.
Dentes: caninos bem desenvolvidos, mordedura em tesoura; maxilares bem articulados, com ossos e dentes desenvolvidos, de abertura larga, com início logo atrás do prumo dos olhos.
Olhos: tamanho médio, ovais, com inserção lateral. A cor varia entre o castanho avermelhado e o escuro, de acordo com a cor da pelagem.
Orelhas: inserção alta, planas, arredondadas nas pontas, moderadamente longas, devem ter bastante mobilidade.
Pescoço: relativamente longo, musculoso, seco, sem barbelas; linha superior levemente arqueada na nuca, portando a cabeça alta.
Tronco: longo, musculoso
Ao lado: filhotes pêlo curto com 35 dias. Posaram para a embalagem da ração DELI DOG da PURINA. Propriedade do Canil Vanquisher Thiene.

CUIDADOS
- Evite doenças de coluna fornecendo alimento em quantidade adequada para não tornar o cão obeso. Impeça saltos de lugares altos, pulos do solo para cima de móveis e escadarias.
- Não pegue o filhote pelas axilas para não prejudicar o desenvolvimento das pernas dianteiras.
- Ausência de umidade e boas condições de higiene previnem contra o aparecimento de problemas de pele.
Evite banhos muito frequentes. Geralmente uma boa escovação basta.
- A limpeza com pano úmido embebido em solução de água com limão ou vinagre é muito eficiente para proteger a pelagem e evitar odores desagradáveis.
- Mantenha as unhas sempre curtas e evite fazê-lo andar em pisos escorregadios.
- No Pêlo Duro, mantém-se a pelagem curta, arrancando os pêlos mortos com a mão.
- São acasalamentos proibidos: pêlo duro com pêlo longo (para não prejudicar as características da pelagem) e entre dois arlequins (deste último tipo de cruzamento podem nascer filhotes cegos ou mortos).

* O texto aqui apresentado contém trechos de reportagens publicadas na revista "Cães e Cia"

Conheça também: